Morbid Angel

16 de jun de 2009


Ae pessoal, to vendo que tem muita coisa boa nesse blog, mas agora eu (Zuko) colocarei algumas coisas...digamos Old School, pois essa modernidades tem que saber de onde surgiu o nosso tão amado barulho xD. E especialmente,começarei pela mais True das Old School. ^.^

Como o próprio Max Kolesne (Krisiun) disse, eles são os Reis do Death Metal! Morbid Angel é um dos maiores nomes na cena, sempre fazendo som pesado e sem nunca relaxar sua pegada. O som não tem a mesma velocidade que as novas bandas de Death, mas nem por isso fica devendo alguma coisa. Com o criativo guitarrista Trey Azagthoth que até fez musica com refrão em Aramaico ("Lord of All Fevers and Plague") a banda sempre faz bons álbuns sem ficar na mesmice que acaba matando muitas boas bandas do gênero. Músicas como "Chapel of Ghouls", "Immortal Rites", "Ageless, Still I Am", "Secured Limitation", "God of Emptyness", "Rapture" e muitas outras mostram o poder da banda.
Eles são os inovadores, os líderes, os que transcendem limitações. Convicção e verdadeiro senso de propósito só possuído por poucos, quebrando os limites musicais, espirituais e ideológicos, retendo o elemento inquestionavelmente brutal de sua música que se tornou uma das mais influentes do death metal mundial. Formado no meio da década de 80 em Tampa, Flórida, por Trey Azagthoth, o Morbid Angel lançou em 1986 sua primeira demo intitulada Abominations of Desolation.
Em 1989 o mundo conhece o primeiro disco do Morbid Angel, intitulado Altars of Madness com Trey Azagthoth, David Vincent, Pete Sandoval e Richard Brunelle. Este disco se tornou o maior clássico da banda e um dos maiores do estilo. Músicas como "Immortal Rites", "Suffocation", "Visions From The Dark Side", "Damnation", "Maze Of Torment" e outras do disco inovaram o estilo e se tornaram influências para várias bandas atuais.
Em 1991 é a vez do disco Blessed are the Sick, que levou o Morbid Angel a um patamar elevado dentro do estilo, dando aos músicos reputação como compositores verdadeiramente inovadores e visionários, infundindo subcorrentes clássicas prevalecentes dentro do material sumamente poderoso exposto. Agora a banda se apoiava em dois clássicos muito bem aceitos pelo público, sendo que o Morbid Angel foi a primeira banda extrema a assinar com uma grande gravadora.
Em 1993 a banda lança o disco Covenant que vendeu mais de 127 mil cópias, sem o guitarrista Richard Brunelle, provando que a banda cresceria cada vez mais, chegando a níveis que ninguém nunca havia imaginado que eles chegariam, principalmente conceituando o grande compositor da banda Trey Azagthoth.
Em 1994 a banda relançou sua fita demo de 86 no formato de CD.
Em 1995 sai no mercado o disco Domination, que marca a estréia de Erik Rutan (ex Ripping Corpse) que toca guitarra e teclado no disco. Esse disco foi considerado pelos músicos como o melhor até então, sendo o segundo a ser lançado por uma grande gravadora, a Warner.
Em 1996 sai o disco ao vivo Entangled in Chaos, contando com clássicos da banda gravados em shows pela Europa.
Em 1997 David Vincent deixa a banda, fazendo com que os fãs ficassem preocupados com o futuro do Morbid Angel, pois David era uma figura importantíssima que deixou sua marca no estilo inigualável da banda. Logo entrou Steve Tucker (ex-Ceremony) no lugar de David, executando fielmente a mesma função que ele, e tudo se resolveu.
Em 1998 a banda lança o disco Formulas Fatal To The Flesh, pesado ao extremo, que recupera a velocidade que a banda vinha perdendo lentamente em suas músicas no decorrer dos anos, sendo o mais rápido até então. O disco foi gravado na terra natal da banda, no Morrisound Stúdio, e os solos de Azagthoth em sua própria casa. Segundo ele ficaria bem melhor para trabalhá-los pois ele gosta de poder gastar muito tempo nos solos. Os vocais novos ficaram perfeitos, sem descaracterizar a banda, e foi muito bem aceito pelos velhos fãs. Fica assim provada a capacidade que Steve Tucker tem para o posto que herdou de David Vincent.
No ano 2000, outra obra-prima do Death Metal foi dada ao mundo, o disco Gateways to Annihilation, emanando com suas passagens dinâmicas e extensas. Peso absoluto, é o que traduz a caracteristica do disco. A formação da banda se estabiliza com Trey Azagthoth, Steve Tucker, Erik Rutan e Pete Sandoval. Com mais de Dez anos de estrada e discos gravados, o Morbid Angel mostra que não é à toa que a banda se tornou uma das mais influentes e respeitadas do Death Metal mundial. Mantendo seu estilo totalmente extremo a banda prolonga sua história e promete permanecer como uma das bandas mais pesadas do mundo.

Discografia:
* Altars of Madness (1989) - DOWNLOAD
* Blessed are the Sick (1991) - DOWNLOAD
* Abominations of Desolation (1991) - DOWNLOAD
* Covenant (1993) - DOWNLOAD
* Domination (1995) - DOWNLOAD
* Entangled In Chaos (Live) (1996) - DOWNLOAD
* Formulas Fatal to the Flesh (1998) - DOWNLOAD
* Gateways to Annihilation (2000) - DOWNLOAD
* Heretic (2003) - DOWNLOAD


BANDA IMPERDÍVEL , SE NÃO CONHECE BAIXE E ESCUTE , POIS COMO A MAIOR PARTE DOS FÃS DO MORBID ANGEL, EU PARTICULARMENTE, CONSIDERO-OS OS TITÃS DO METAL EXTREMO

be extreme folks.

0 comentários: